Home > Mercado e Resultados > Como fugir de ativos brasileiros? BDRs e o poder da diversificação

Publicado em 24 de Agosto às 17:14:50

Como fugir de ativos brasileiros? BDRs e o poder da diversificação

Desde o ano passado, o investidor brasileiro teve acesso aos BDRs ou Brazilian Depositary Receipts que são certificados que representam ações emitidas por empresas em outros países. Sendo assim, houve a oportunidade de diversificarmos ainda mais o nosso portfólio com ações de empresas globais. Nos últimos 12 meses, aproveitando dessa alternativa, o investidor local buscou por maiores alocações e/ou negociações de empresas ligadas ao E-commerce, Tecnologia, Saúde e Meios de Pagamento.

Os BDRs da Tesla (TSLA34), empresa do bilionário Elon Musk, foram mais negociados nesse período, com um volume médio diário próximo dos R$ 49 milhões, o que representa quase 19% do volume financeiro médio da negociação de BDRs aqui na Bovespa. Em 2021, até 23/08/2021, o BDR da Tesla apresentava uma alta de +5,25% contra o índice de BDRs que no mesmo período acumula uma alta +22,35% e o Ibovespa que apresenta uma queda de -1,30%.

Se observarmos o gráfico abaixo, fica evidente a importância de sempre buscarmos um portfólio diversificado. Desde o início do mês de junho, ao contrário do Ibovespa e do índice de Small Caps, verifica-se uma valorização do índice de BDRs (BDRX) e do dólar.

A queda recente do Ibovespa e do índice de Small Caps se dá pelo ambiente mais desafiador no Brasil por questões políticas. Tema esse retratado em outra publicação.

Entre os BDRs mais negociados, destacamos a forte presença de empresas ligadas ao setor de tecnologia, que vem sendo uma das principais apostas dos investidores nos últimos anos. Apple (AAPL34), Alphabet (GOGL34), Microsof (MSFT34) e Facebook (FBOK34) aparecem no ranking TOP 10. A Berkshire Hathaway (BERK34), do querido mega investidor Warren Buffett, aparece na segunda parte do ranking da 11ª posição, mas ainda assim à frente de empresas como JPmorgan (JPMC34), Netflix (NFLX34) e Paypal (PYPL34).

Entre os BDRs mais negociados pelo investidor na B3, o retorno médio em 2021 está acumulado em +22,57%. Ou seja, se o investidor tivesse montando uma carteira com os 10 BDRs mais negociados pelo mercado, estaria com uma alta bem superior ao Ibovespa. Até mesmo uma carteira formada pelas posições 11ª à 20ª que, em termos, apresenta uma alta de 22,25%. No infográfico abaixo, apresentamos as informações completas:

A diversificação é uma possibilidade que permite ao investidor buscar diferentes formas de retorno para a sua carteira. Infelizmente, aqui no Brasil, apesar da qualidade das nossas empresas, sofremos constantemente com fatores políticos que trazem maior volatilidade para o nosso mercado. Sendo assim, uma das maneiras de se blindar frente a essas possibilidades é alocar parte da sua carteira em ativos descorrelacionados com o Brasil. Importante dizer que, para aquele investidor de longo prazo, mais do que uma proteção ao seu património, busque por algo que também apresente a possibilidade de geração de valor no longo prazo através de ETFs ou BDRs de ativos globais.

Quais as oportunidades de investimentos em BDRs temos neste momento

Se você se interessou, e quer saber mais sobre as possibilidades de investimentos em BDRs, nossa equipe publicou recentemente um estudo sobre empresas de Games, falando mais sobre a Nvidia (NVDC34) e Activison Blizzard (ATVI34). Ao investidor que acompanha a Genial, também tem acesso a uma carteira recomenda mensal de BDRs que até julho deste ano apresentava uma alta acumulada de +29,79%. Para acessar a carteira clique aqui.

Acesse o disclaimer.

Leitura Dinâmica

Recomendações